Libertadores: Procon-DF atuará em casos lesivos ao torcedor.

A mudança de local da final da Copa Libertadores, de Santiago, no Chile, para Lima, capital do Peru, tem causado transtornos para alguns torcedores. Com passagens compradas e hoteis reservados para acompanhar a partida entre Flamengo e River Plate, no dia 23, os aficionados vivem um verdadeiro drama a 17 dias do jogo. Em meio a relatos de sucesso e insucesso na remarcação de bilhetes aéreos, o Procon-DF informou que agirá junto aos fãs que se sentirem lesados caso não tenham êxito nas alterações ou reembolsos.

Nosso advogado empresarial, cível e consumidor da SCA Advogados Associados, João Paulo Amaral explicou que o caso é de responsabilização maior da Conmebol, responsável por organizar a Libertadores. A responsável pela competição continental, porém já informou que tentará auxiliar os torcedores.

“É um caso claro de direito do consumidor. O que se tenta é minimizar prejuízos. A orientação é de se tentar procurar companhias aéreas, hoteis e agências de turismo para tentar, se possível, uma remarcação sem custos. A Conmebol pode alegar um caso fortuito para se eximir, mas as situações no Chile já eram de conhecimento antes mesmo da definição dos finalistas. Medidas poderiam ter sido tomadas antes”, destaca o advogado.

 
 
 
 

AQUI TEM UM AUDIO

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Mais notícias

Notícias, artigos e imprensa

Receba nossas atualizações

Contato

Como podemos ajudar?