Justiça penhora até vale-refeição de empresário para pagar dívidas

Um caso inusitado foi executado pelo juiz João Luis Zorzo, da 15ª Vara Cível da Justiça de Brasília, na última segunda-feira (15/04/19). O empresário Sandro Robson Bento Ferreira, condenado por danos morais e estéticos decorrentes de acidente de trânsito causado por ele, teve os repasses de vale-refeição e cartão de crédito bloqueados para penhora.

“Não localizados bens nas pesquisas realizadas e esgotadas as vias ordinárias para localização de bens passíveis de penhora, defiro a penhora de eventuais créditos do executado perante as empresas gestoras de cartão de crédito informadas”, diz trecho da decisão.

De acordo com a advogada Michele Pereira da Costa, que atuou na ação, essa foi a alternativa encontrada pela Justiça, já que o réu ocultava os patrimônios. “O empresário devedor é muito criativo. O advogado tem que ser bem mais”, brincou. Ela afirmou que é a primeira vez que esse tipo de medida foi tomada.

Ainda segundo a advogada, a dívida acumulada é de cerca de R$ 200 mil. Michele também explicou que tentou oferecer outros meios para o empresário quitar a dívida, mas não teve sucesso. “Quando não tinha mais condições, após bater quatro vezes no estabelecimento, fizemos o pedido de penhora dos créditos”, informou.

 

https://www.metropoles.com/brasil/justica/justica-penhora-ate-vale-refeicao-de-empresario-para-pagar-dividas

 
 
 

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Mais notícias

Notícias, artigos e imprensa

Receba nossas atualizações

Contato

Como podemos ajudar?